NOTÍCIAS

A Zoysia, nova alternativa para campos de golfe
 

(Matéria publicada na Revista TGM Latino América, maio de 2015)

A Zoysia (grama Esmeralda) já demonstrou a sua durabilidade no campo de golfe como uma opção à grama de estação quente. Agora tem a oportunidade de brilhar em um dos maiores cenários do ano para este esporte: as Olimpíadas de Verão de 2016, no Rio. Antes de receber o campeonato da PGA, em 2011, o Atlanta Athetic Club passou da grama Bermuda, que crescia com dificuldade sob os pinheiros de Georgia, para a Zoysia (grama Esmeralda) que é mais tolerante à sombra.

Ken Mangun, superintendente e diretor dos campos de golfe e espaços verdes no Atlanta Athletic Club há mais de 15 anos, estava participando de uma reunião do clube, sendo o assunto a seleção da grama para a renovação do campo Riverside, que naquele momento ainda estava em etapa de planejamento.

A maioria dos campos da região de Atlanta estavam plantados com Bermuda, embora a mesma tinha que lutar contra a sombra intensa dos altos pinheiros de Georgia. “Sempre tem uma área na qual a grama não rende bem e acaba morrendo”, explica Mangum. Outra opção era plantar e experimentar algo diferente, como Zoysia em tramos mais sombreados, denominadoszeon e funcionou com a grama Esmeralda!

Novamente em uma reunião, um integrante da diretoria expressou firmemente seu desejo de replantar a grama Bermuda. Mangum se espantou com a opinião, mas decidiu ser democraticamente convincente na sua resposta.

“Podemos fazer isso ser tão bom como todos os demais. Claro que não se pode querer fazer o mesmo e ser os melhores. Se queremos ser os melhores, temos que fazer algo diferente. A Zoysia (grama Esmeralda) nos faz ser diferentes e melhores”, respondeu esse membro da GCSAA com 40 anos de antiguidade.

O campo de Riverside foi plantado com Zoysia (grama Esmeralda) em todas as superfícies, menos nos Greens. A renovação foi tão bem recebida que Higlands, acabava de receber o torneio de PGA. Riverside agora monopolizava quase 60% do total de jogos da AAC. Isso pressionou o Club para acelerar a renovação do campo.

“Receberíamos a PGA novamente em 2011, explica Mangum. “A pergunta era como fazer com que o nosso campo de golfe, que é hoje o segundo melhor fosse melhor que o Riverside”. Decidiu-se tentar outro tipo de Zoysia (grama Esmeralda) denominado Diamond e usar esta grama em fairways e nos teens do campo Highlands. No torneio da PGA de 2011, o gramado foi um grande sucesso.

“David Feherty, apresentador da CBS Esportes, disse que os fairways eram tão bons como os greens, nos quais acostumavam jogar no Tour Europeu”, conta Mangum. “As superfícies do fairway… ninguén jamais havia visto uma grama como aquela, com essa firmeza, cor e densidade. Teve uma enorme propaganda como o primeiro Major que se jogava sobre a nova variedade de Zoysia (grama Esmeralda)”.

 

Tiger, Bill e Ben

Desde então a boa impressão da Zoysia (grama Esmeralda) nos jogos de golfe foi crescendo. BluejackNational, localizada ao Norte de Houston, é o primeiro campo de golfe construído nos Estados Unidos com desenho de Tiger Woods. Começou a plantar Zoysia L1F nos tees e nos greens e a ZoysiaZeon nos fairways. Trinity Forest, um novo campo desenho por Bill Coore e Ben Crenshawen Dallas, que eventualmente se transformaria na sede do campeonato AT&T Byron Nelson da PGA Tour, foi programado para plantar cm Zoysia L1F (grama Esmeralda) esta Primavera.

E claro que a Zoysia (grama Esmeralda) está tendo muito sucesso em um dos grandes eventos de golfe de hoje. A volta dos jogos Olímpicos depois de mais de 100 anos de ausencia - o campo em construção no Rio de Janeiro, Brasil, também está utilizando ZoysiaZeon nos tees, fairways e roughs.

Parece que em todas as partes a Zoysia (grama Esmeralda) é a nova grama escolhida pelo arquitetos e superintendentes de campo de golfe.

Bill Coore junto com Ben Crenshaw seu sócio, e duas vezes campeão de Master, desenhou campos de golfe por quase 30 anos. Coore acha que ao desenhar um campo de golfe, a escolha da grama “tem uma grande importância, porque se não tem a grama adequada não é possível oferecer as condições e aspectos desejados”.

Coore e Crenshaw desenharam um número limitado de campo de golfe, plantandoZoysia (grama Esmeralda). Coore afirma que as variedades anteriores de Zoysia (grama Esmeralda) eram muito lentas em seu crescimento e poderia aumentar de 4 à 8 meses o tempo do projeto, dependendo do clima e o momento em que eram plantadas. Em Trinity Forest, o cronograma para a inauguração era menos crítico, porque o projeto não tinha resort nem casa, portanto não havia tanta urgência em inaugurar. A pesar disso, foi selecionada a Zoysia L1F para Trinity Forest. “Mesmo que nao cresça rápidamente como a Bermuda, é significativamente mais rápida para establecerà partir do estolão de outras Zoysias (grama Esmeralda) conhecidas e utilizadas comumente”, explica Coore.

E para esse projeto a velocidade de crescimento não era o que impulsava a seleção da grama. Ao contrário os desenvolvedores de Trinity Forest, conta Coore, “pensaram a longo prazo na melhor grama que poderiam utilizar para obter as condições de jogo e aparência que buscavam, e também estavam atentos a temas ambientais desde o ponto de vista de utilização dos recursos, tal como a água, os fertilizantes e os químicos.

A Zoysia faz sentido

Eric Bauer, diretor de agronomia da GCSAA, clase A, em BluejackNational, trabalhou junto com a equipe de desenho de Woods e participou da eleição da grama para o campo. Antes de ocupar esta posição administrou a operação de 36 buracos do The Club, em Carlton Woods, perto de Houston, onde os fairways do campo desenhado por Fazio estavam plantados com Zoysia (grama Esmeralda) e o campo com desenho de Nicklow com Bermuda. Durante uma década, Bauer administrou estes campos e pode comparar e monitorar o que era necessário para ambos tipos de grama. Quando chegou BluejackNational, Bauer conta que pressionou a favor da ZoysiaZeon, devido aos beneficios meio ambientais que havia visto com a Zoysia comparando-se com a Bermuda.

“Em geral vimos que com a Bermuda usávamos de 6 à 8 libras de nitrógeno ao ano. Em troca com a Zoysia (grama Esmeralda) era de 1,5 à 2 libras. Essa é uma diferença significante somente no nitrógeno. Tivemos em torno de 1/3 menos de consumo de água (com a Zoysia) entre os dois campos. Quanto ao controle de ervas daninhas, podiamos controlar melhor em comparação a Bermuda, na qual normalmente funciona melhor uma aplicação geral. A respeito do inseticidas, não necesitamos pulverizar para as largartas militares, lagartas cortadoras e vermes de sólo, já que esses insetos não afetam a Zoysia em relação a sua composição fisiológica, comparada com a da Bermuda. Tivemos menos podas, no qual teve um efeito positivo no nosso impacto ecológico. Não se utilizou tanto combustível para obter a qualidade desejada. Podamos 50% menos. A Bermuda podamos 4 vezes por semana”, explica Bauer que é sócio da GSAA faz 21 anos.

“Sabiamos quais seriam os nutrientes que necessitariamos, os tipos de controle de enfermidades e ervas daninhas, as necesidades de água. Comparando com a Bermuda, era uma decisão muito fácil. Da mesma maneira que podiamos oferecer a beleza da Zoysia e seus beneficios, também era a jogada que os sócios e desenhadores buscavam, o qual era positivo em todos os sentidos.

 

Opinião de Especialistas

MiltEngelke, Ph.D., professor emérito na A&M University de Texas e membro do Team Zoysia, um grupo de pesquisadores e uma companhia dedicada a difundir os benefícios da Zoysia (grama Esmeralda) é uma das primeiras especialistas nesta família de grama. Desde 1980, realizou várias viagens a Ásia com o falecido Jack Murray, pesquisador da USDA. Juntos reuniram centenas de mostras de Zoysia que cresceram em uma ampla área de adaptação: desde o frio extremo ao calor sufocante, em solos que variavam de um Ph de 4,7 até um Ph de 9, e inclusive em arrecifes de coral constantemente inundados de água do mar.

A Zoysia (grama Esmeralda) é um halófito, explica Engelke, embora seja diferente da maioria dos halófitos. Um halófito pode sobreviver melhor na presença de maiores condições salinas que a maioria das plantas, mas em um ponto, os níveis de sal da raiz deve ser reduzida ou o solo começa a falhar.

O meio mais comum de redução dos sais é o enxágue com quantidades abundantes de água, especialmente quando a chuva não é suficiente. No caso da Zoysia (grama Esmeralda), a planta tem a capacidade de absorver sal do solo e transportar até as glândulas salinas das folhas. Este mecanismo incomum significa que o sal do solo pode ser remediado cortando a Zoysia (grama Esmeralda) e retirando os recortes.

Pegamos, o exemplo, a maneira que a Zoysia (grama Esmeralda) foi utilizada para arrumar greens no TangleWood Golfe Course sobre o lago Texoma, em Pottsboro, Texas. A Zoysia (grama Esmeralda) foi plantada em placas nos greens, depois de uma prolongada seca que provocoufolha dos greens existentes devido ao alto nível de sal. A salinidade do solo chegou perto de 17.000 ppm, antes da plantação das placas de Zoysia. Em um ano, a análise dos recortes de grama revelou níveis de sal de até 10.000 ppm nas folhas extraídas do lugar onde antes tentaram plantar bermuda e haviam fracassado. Em três anos o nível de sal era insignificante.

Engelke considera que a Zoysia (grama Esmeralda) foi fundamental na restauração na área radicular para umas condições de crescimento saudável sem uma renovação exausta ou cultivo excepcional.

Embora considerando que a manutenção e meio ambiente são importantes para a escolha da grama a jogada também é um fator de peso.

Engelke conta que está muito entusiasmado por ver o campo de golfe como o Golfe Club de Texas, em San Antonio, plantada com novas variedades de Zoysia (grama Esmeralda) de teen e green sem diminuir a velocidade de green. “L1F e Diamond estão muito perto de Tifgreen 328, quanto a velocidade de green”. Afirma Engelke.

Mas os cultivos mais novos, atualmente em desenvolvimento foram ainda mais rápidos. No início de novembro, David Douguet, produtor da Zeon, L1F e outras gramas Zoysia em BladerunnerFarms, Poteet, Texas, tomou medidas com Stimpmeter em parcelas de provas sem nenhum tipo de cuidado em sua fazenda de pesquisa. As partes de testes haviam sido cortadas e recebido uma aplicação de topdressing três dias antes, mas não haviam sido enroladas e cortadas verticalmente (certamente não estava sendo tratada em condições competitivas). Ainda assim, algumas variedades investigativas mostraram 10 pés ou mais. “Estamos muito perto de obter variedades de Zoysia (grama Esmeralda) que proporcionem velocidades desejadas ao nível que buscam os torneios mais importantes: 11,12 e 13”, explica Engelke.

“A Zoysia (grama Esmeralda) é um fator de mudança porque necessita pouca manutenção, a capacidade de suportar pouca luz é ideal para a renovação e pode suportar água salgada e pobre sem a necessidade de altos custos de renovação”, adiciona.

“O que faz a Zoysia (grama Esmeralda) ser capaz de oferecer uma superfície de jogo de alta qualidade com o mínimo de matéria-prima e mínima manutenção. Oferece a qualidade que você deseja a um preço muito mais razoável, tanto nos custos iniciais como nos custos de manutenção”.

“Você obtém tolerância ao sal, a sombra e a seca, pouco uso de água, resistência ao frio, conservação de calor. Com a Zoysia (grama Esmeralda), tivemos esses problemas todos resolvidos”.