GRAMAS

Grama Japonesa, Coreana ou Chinesa - Zoysia matrella


Indicações:
Sua principal utilização é em jardins orientais, ornamentais e/ou de desenho delicado, podendo ser utilizada em "tees" e bordaduras de greens de campo de golfe, desde que mantida adequadamente. Utilizada para formação de gramados de médio à pleno sol.

Características:
Apresenta a maioria das características agronômicas e morfológicas da Zoysia japonica, porém suas folhas são mais estreitas, custas e macias. Cor verde vivo. Formação de grande densidade com estolões e enraizamento abundante.

Diferencial:
Excepcional beleza e maciez das folhas, com crescimento foliar relativamente baixo.

Cuidados Especiais:
Podas baixas e regulares de no máximo 15 mm de folha para mantê-la uniforme. Pela sua alta densidade, pode-se apresentar um colchão altamente denso, até mesmo na sua comercialização, outra característica peculiar desta espécie se não podada regularmente são as formações de "tufos", ou "montinhos". Para controlar estas ocasiões pode-se optar por podas sistemáticas e radicais, baixando gradualmente a altura e assim densidade.

Origem:
Asiática, Japão e Península Coreana. Algumas variedades foram introduzidas no Brasil, no início do século passado, por imigrantes japoneses. Da mesma família da Zoysiajaponica, faz parte de um gênero de gramas que engloba três espécies principais: Zoysia japonica, Zoysia matrella e Zoysia tenulfolla.